Domingo, 19/05/2019. Boa tarde. Seja Bem-vindo(a)!

De Colônia do Pito à Três Palmeiras

12/05/2019

Aniversário do município

De Colônia do Pito à Três Palmeiras

31 anos de história de um povo

 

No domingo, 12, o município de Três Palmeiras completou mais um ano de emancipação político-administrativa. O município foi criado em 12 de maio de 1988, pelo governador do Rio Grande do Sul, Pedro Simon, através da Lei Estadual nº 8.631, após um longo caminho percorrido pelos moradores da Colônia do Pito, que viram a oportunidade de tonar o sonho de liberdade concretizado.

Os primeiros moradores que chegaram para colonizar a Colônia do Pito vieram por volta de 1912, provenientes de municípios próximos que viram as potencialidades do local, seja na economia que tem sua principal fonte de renda na agricultura, agropecuária, pequenos comércios e agricultura familiar. Seja ainda, nas belezas naturais dessa terra, com suas diversas cascatas, rios, morros, e belo horizonte que encanta desde o amanhecer até o pôr-do-sol.

Com o passar do tempo o local passou a se chamar Três Palmeiras, devido a existência de três palmeiras nascerem e crescerem de um mesmo tronco, no centro do povoado. O crescente aumento de moradores, tornou o simples povoado em uma vila no qual a principal atividade era a agricultura, característica forte até hoje. Em 24 de novembro de 165, pela Lei Municipal nº 43, da cidade de Ronda Alta, a localidade foi elevada a categoria de Distrito de Três Palmeiras, sendo empossado como subprefeito, Olívio Três.

Em 20 de novembro de 1985, a população vendo a importância e a oportunidade de se tornar município, reuniu-se no salão paroquial e elegerem a Comissão Emancipatória, que percorreria um longo caminho para a emancipação com o apoio do povo três-palmeirense. Depois de dois anos e meio, e tendo enfrentado diversos desafios, enfim a localidade se desmembrou do município de Ronda Alta e conseguiu sua emancipação. “Enfrentamos muitas dificuldades no caminho da emancipação. Foram muitos mandados de impetração que tivemos que resolver e superar”, afirma o presidente da comissão emancipacionista, Vitório Ferdinando Grando.

Desde sua grande conquista em 1988, o município se desenvolveu nos mais diversos setores. Desde o passado até os dias de hoje, o povo três-palmeirense mantém viva suas tradições, sua cultura e sua hospitalidade através da dança gaúcha e folclóricas italianas e alemães, com as apresentações dos corais alemão e italiano, da orquestra de violões e com o grupo artístico. A fé da população também é visível nas celebrações nas diversas religiões que existem no município, no qual o respeito e a união são marcantes.

O centro da cidade que no passado era mato e banhado, hoje fornece a comunidade ampla variedade de comércios e prestação de serviços. A pequena vila cedeu lugar para a crescente expansão da cidade, onde o desenvolvimento é marcante e constante. Três Palmeiras é um lugar com educação de qualidade - sendo referência do estado; apresenta amplo atendimento as pessoas, desde cuidados com a saúde até auxílio em diversas questões. É uma cidade que está se modernizando, sem deixar de lado a herança recebida pelos primeiros morados. É uma cidade que investe em educação, saúde, obras, empregos, cultura, esporte, habitação e promoção social.

“Três Palmeiras é um município no qual, a educação, a agricultura, o comércio e a cultura são destaque. Muito foi realizado para que o local se desenvolvesse e garantisse uma vida digna às pessoas. A união e a força de vontade do povo que sempre quis ver o crescimento da Colônia do Pito foram o sustento de uma caminhada de lutas e conquistas”, declara o prefeito municipal, Silvânio Antônio Dias. O prefeito completa, “muito amor e carinho existe por esta terra. Parabéns Três Palmeiras. Parabéns três-palmeirenses!”

São 31 anos de um povo que tem seu alicerce na união, na coragem, na perseverança, na solidariedade, no trabalho e no orgulho estampado do rosto de cada morador, que carrega no peito um coração amarelo, branco e verde e que não tem medo, mas orgulho de ser três-palmeirense.

Para conhecer melhor a história do povo três-palmeirense acesse: https://www.youtube.com/watch?v=cco7ZIa2cbY

 

Diversas atrações marcam comemorações

Durante o mês de maio, mês em que se completa 31 anos de Três Palmeiras, diversas atrações formam preparadas para marcar as comemorações. No dia 4, teve a 7ª edição da Trespamaratona, que possibilitou a cerca de 360 atletas a prática de exercícios físicos e qualidade de vida.

No dia 17, serão exibidos os filmes documentários históricos referentes as comunidades do interior do município, sendo que nesse dia serão apresentados os filmes mostrando a história da comunidade de Linha Pipiri e da comunidade da Linha Nova. Também nesse dia haverá apresentações artísticas e o lançamento da 12º Feicat (Feira da Indústria, Comércio, Agronegócio e Cultura de Três Palmeiras).

Na sexta-feira, 24, haverá Sessão Solene em homenagem ao 31º aniversário do município. E no sábado, dia 25, terá desfile e jantar para escolha das soberanas do município e show com Robson e Josiel.