Terça-feira, 10/12/2019. Boa noite. Seja Bem-vindo(a)!

Previsão do Tempo

Prefeito municipal de Três Palmeiras e comitiva se reúnem com o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro

11/07/2019

Viagem à capital federal buscou solução para o caso da Terra Indígena da Serrinha

Na quinta-feira (11) o prefeito, Silvânio Antônio Dias, juntamente com o presidente do legislativo, Enio de Saiba, o assessor jurídico, Claudio Olivaes Linhares, o representante do Estado do Rio Grande do Sul, Ricardo Nuncio, o senador Luiz Carlos Heinze e os agricultores, Décio Gomes e Alceu Bedin, estiveram em Brasília em audiência com o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. A comitiva buscou resolver o caso das famílias que ainda não receberam indenização por causa da Terra Indígena Serrinha.

Para o prefeito, Silvânio Antônio Dias, “foi um momento único e especial, ver que a autoridade maior de nossa nação está engajada para tentar solucionar o problema das famílias que depois de 20 anos ainda não foram indenizadas por suas terras e benfeitorias, que hoje são de propriedade da Terra Indígena da Serrinha”.

As terras que tiveram suas primeiras ocupações pelos índios em 1993 ocupam 11.950 hectares que pertenciam à 1.264 famílias dos municípios de Ronda Alta, Três Palmeiras, Constantina e Engenho Velho. Na época, muitas famílias foram indenizadas pelo Estado do Rio Grande do Sule pela FUNAI. Desse número de famílias cerca de 40 delas ainda não receberam indenizações, seja por meio de pagamento de bens ou recolocação em outras terras.

A solução proposta pelo Governo Municipal é o Governo Federal assumir o pagamento das terras as 40 famílias que ainda não foram indenizadas, e em troca o Governo Estadual ceder algumas áreas de sua posse para o INCRA realizar reforma agrária.

Na oportunidade o prefeito municipal apresentou o Programa Juventude com Ideais ao Presidente da República e o presenteou com brindes do programa. O mesmo chamou a atenção do presidente ao valorizar o aluno e resgatar os valores morais e éticos que estão em decadência, além de ressaltar a importância da família na vida dos filhos e na vida escolar.