Segunda-feira, 28/09/2020. Boa tarde. Seja Bem-vindo(a)!

Previsão do Tempo

Emoção e felicidade marcam comemoração ao Dia Internacional da Mulher em Três Palmeiras

12/03/2020

Mulher é feita de sonhos, força, amor e inspiração. Para celebrar as conquistas e a força da mulher, a Secretaria Municipal da Promoção Social promoveu na tarde de quarta-feira, 11, grandioso evento em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. O evento realizado no Centro Municipal de Eventos contou com a participação de numerosas mulheres que lotaram o espaço e comemoraram suas conquistas ao longo dos anos.

Também estiveram presentes a primeira-dama, Ana Paula Serafini Dias, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Valmir Gomes Ferreira, a secretária municipal da promoção social, Andréia Iltchenco, a secretária municipal de saúde, Andréia Schwanke, rainha do município, Fernanda Milena Beutler e o gerente regional da Emater/RS - Ascar de Frederico Westphalen, Luciano Schwerz.

“Este é um momento especial de comemoramos todas as nossas conquistas ao longo dos anos. Conseguimos muitas coisas, mas ainda faltam direitos a conquistar. Estamos aqui hoje porque somos guerreiras e batalhadores, parabéns a todas nós”, afirmou a primeira-dama, Ana Paula Serafini Dias.

Na oportunidade aconteceu ainda a entrega do Troféu Mulher Cidadã, criado através da lei municipal 1.642/2015. O troféu tem por finalidade premiar e reconhecer a mulher que tenha se destacado ao longo de sua vida, pelos relevantes serviços prestados a comunidade três-palmeirense. Entre os critérios de indicação encontram-se: defesa dos direitos da mulher e combate à violência contra a mulher, educação, promoção e participação política da mulher, profissionalismo e emprego, saúde e atividades comunitárias e voluntariado.

Este ano o troféu chega em sua quarta edição e contou com 11 mulheres indicadas através de entidades municipais convidadas a participar: Antônia Carnezela, Antônia Pedroso Sandri, Diles Terezinha Damiani, Eliane Cristina Giacomelli, Enir Sandri Pessini, Helga Sartori, Lucia Ana Saugo Bender, Maria de Lourdes Cremonini, Silimara Salete Chiamentti e Zenite Rosa Marolli.

As indicadas receberam certificado de participação e uma rosa como agradecimento pelos serviços prestados em prol da comunidade. Nesta edição o Troféu Mulher Cidadã foi entregue a senhora Antônia Pedroso Sandri, pelas mãos da primeira-dama e pelo presidente do legislativo.

A secretária municipal da promoção social, Andréia, parabenizou as mulheres pela passagem dessa data especial e agradeceu a presença das participantes e reforçou a importância da mulher na família, no trabalho e na sociedade como um todo. Ela comentou ainda que “ainda é necessário respeitar e valorizar as mulheres todos os dias, bem como sua capacidade de ocupar todos os espaços, afinal lugar de mulher é onde ela quiser!”.

Ainda durante a tarde houve palestra show com o palestrante e cantor Alberto Grasel que conduziu a tarde com o tema: “Mulher Sensivelmente Poderosa”. O palestrante mostrou os grandes feitos realizados pelas mulheres ao longo dos anos e a força das mesmas na sociedade.

           

Origem da data

O Dia Internacional da Mulher é uma data comemorativa que foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU) na década de 1970. Essa data simboliza a luta histórica das mulheres para terem suas condições equiparadas às dos homens. Inicialmente, essa data remetia à reivindicação por igualdade salarial, mas, atualmente, simboliza a luta das mulheres não apenas contra a desigualdade salarial, mas também contra o machismo e a violência.

 

Mulher Cidadã 2020

Antônia Pedroso Sandri, é natural de Cruz Alta e filha de Artur Rodrigues Pedroso e Maria Quadros Pedroso. Agricultora aposentada, sempre participou e auxiliou a comunidade desde a sua chegada à Três Palmeiras, por volta de 1987. Juntamente com seu esposo, Rineu Sandri, e as filhas Fabiane, Silvana e Fernanda, abraçou esta terra com alma e coração, nunca medindo esforços para ajudar de maneira voluntária a igreja, escola, CTG e grupos de família.

Dona Tonha como é conhecida, participou ativamente na comunidade, especialmente no conselho paroquial durante a construção da Igreja Matriz e posteriormente quando a mesma se tornou a Paróquia Imaculado Coração de Maria. Teve ainda, papel fundamental no CTG Coxilha das Palmeiras, durante seu surgimento e início das primeiras organizações da Semana Farroupilha, estas que aconteciam no antigo galpão localizado na Avenida das Palmeiras.

 

Texto e fotos: Luidy A. L. Roncalio